Escreva... registre


Como saberão as grandes coisas que Deus tem feito, se não há quem escreva ou registre os fatos ocorridos? Quão formosas são as mãos dos que anunciam coisas boas!

A palavra "escrever" na Bíblia é entendida como fazer uma inscrição ou gravação, registrar o que foi dito. Se isto não acontecesse, tudo o que foi transmitido aos patriarcas, profetas, sacerdotes, Jesus e apóstolos, não estaria nas escrituras sagradas.

Em Ex 17.14, as palavras do Senhor a Moisés foram as seguintes: "escreve isto para a memória num livro...", e o que foi dito pelo Senhor a Moisés cumpriu-se. Segundo Finis Jennings Dake, nenhum povo hoje há no planeta terra chamado amalequitas.

Nesta revelação de Deus a Moisés ficou registrado o nome de Deus, "Jeová Nissi", o Senhor é a nossa bandeira (Ex 17.15).

Para Dake, os registros são realmente de Moisés, pois "há inúmeros testemunhos dos monumentos de que registros foram feitos na escrita na época de Moisés". Desde os patriarcas a escrita já se fazia presente, "o Tel-el-Amarna do Egito e as tábuas da Babilônia do Reino de Hamurabi (Anrafael de Gn 14) provam que havia escrita nos dias de Abraão, mais de 500 anos antes da escritas de Moisés".

Outro documento muito antigo que prova a existência da escrita no tempo de Abraão, que segundo Dake, "o código de Hamirabi é muito conhecido pelos estudiosos da Bíblia. Ele contém 282 seções e cerca de 8 mil palavras; suas leis regiam todas as fases da vida humana na época de Abraão", disse Dake.

Que a escrita era bem desenvolvida de Moisés e que a lei de Moisés não provinha da lei dos babilônios está, portanto, claro.

Eis a razão de registrarmos as grandes coisas que Deus tem feito em nossos dias. Muitos preferem guardar no coração ou em seu diário particular as bênçãos recebidas, mas creio que para que o nome do Senhor seja glorificado, precisamos anunciar o que Ele tem feito.

Registre, fale e passe adiante, não esquecendo de trazer a memória das futuras gerações as bênçãos de Deus ("Como, pois, invocarão aquele em quem não têm crido? e como crerão naquele de quem não têm ouvido falar? e como ouvirão sem pregador? e como pregarão, se não forem enviados? assim como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!" Rm 10.14 e 15).

Referência: DAKE, Finis Jennigs. Bíblia de Estudo Dake. Rio de Janeiro: CPAD, 2009
Romanos 10.14 e 15. Disponível em: http://bibliaonline.com.br/tb/rm/10. Acesso em: 07 de junho de 2010.

Autor: Pr Márcio Batista
Foto: Stock Foto - Hand writing on old parchment paper using quill pen

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Mídia Cristã e demais colaboradores".

Você também irá gostar

1 comentários