Diferença entre Oratória e Homilética


A história nos mostra homens fantásticos capazes de afluir multidões e levar adiante de si, simplesmente com o poder da palavra. Com apenas uma palavra todo o nosso universo foram criados. Com apenas uma palavra, reinos foram subjugados. Com apenas uma palavra, guerras foram desfeitas [“Independência ou morte!”]. Com apenas uma palavra, homens mudaram a história do mundo. Homens que tinham “Um sonho”. Homens que fizeram uso da oratória para alcançar seus ideais. Tanto a oratória quanto a homilética lida com a palavra ou a arte de falar em público.

Vemos vários conceitos quando buscamos referências sobre falar em público. Um termo em especial provoca nossa curiosidade: Qual a diferencia entre a Oratória e a Homilética?

I. Oratória

Trata-se de método de discurso, da arte de como falar em público ou o conjunto de regras e técnicas que permitem apurar as qualidades pessoais de quem se destina a falar em público.
Na Grécia Antiga, e mesmo em Roma, a oratória era estudada como componente da retórica (ou seja, composição e apresentação de discursos), e era considerada uma importante habilidade na vida pública e privada. Aristóteles e Quintiliano estão entre os mais conhecidos autores sobre o tema na antiguidade.

Um profissional com um certo carisma pessoal e que domina as técnicas e dicas de oratória – normalmente realiza apresentações atraentes, dinâmicas e elucidativas.

O grande comunicador descobriu sua maneira de se expressar e adquiriu dicas e técnicas de oratória. A maioria ainda possui a oratória antiga como referência que se caracterizava pela pronúncia de palavras rebuscadas e o comportamento extremamente formal com o público. A oratória moderna está mais próxima da arte de uma conversa bem articulada com o auditório.

II. Homilética

Homilia é uma preleção dada por um sacerdote no decorrer de um culto religioso após a leitura do Antigo Testamento e/ou do Novo Testamento. A homilia tem a função de explicitar a fé o significado dos vários elementos das sagradas escrituras, também em relação à situação dos presentes, para que o encontro dialogal com Deus se torne verdadeiramente consciente para todos e cada um. Na prática, a homilia deve ser uma “conversa familiar” do homiliasta com o povo de Deus.

O termo Homilética é derivado do Grego “HOMILOS” o que significa, multidão assembléia do povo, derivando assim outro termo, “HOMILIA” ou pequeno discurso do verbo “OMILEU” conversar.

O termo Grego “HOMILIA” significa um discurso com a finalidade de Convencer e agradar. Portanto, Homilética significa “A arte de pregar” .

A arte de falar em público nasceu na Grécia antiga com o nome de Retórica. O cristianismo passou a usar esta arte como meio da pregação, que no século 17 passou a ser chamada de Homilética.

Autor: Reginaldo Rocha
Fonte: evangelhohoje.blogspot.com

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Mídia Cristã e demais colaboradores".

Você também irá gostar

1 comentários