O Google e a visibilidade das ONGs


Hoje em dia, sabemos que o site mais acessado no mundo é o do buscador Google. Algumas pessoas chegam a utilizar a barra de busca do Google no lugar da barra de navegação e digitar diretamente nele o endereço de um site.

Utilizando ferramentas como o Google Analytics, que fazem o monitoramento do site, podemos saber exatamente como um leitor chegou até o nosso site: qual a palavra-chave que ele digitou, para qual página ele foi direcionado pelo buscador e quanto tempo ele ficou no site. Estas informações são muito úteis para o gestor do site.

Ao analisar as páginas mais visitadas e as palavras-chave que foram utilizadas para se chegar ao site ele pode ter a indicação de que tipo de conteúdo é mais interessante e atrativo ao leitor. Devemos sempre pensar que precisamos ser uma fonte de informação, pois apenas desta forma conseguiremos manter a fidelidade do leitor e também atrair novos leitores.

Além de produzir um conteúdo interessante e relevante para o público que se deseja atingir é preciso que este conteúdo esteja visível aos buscadores, é preciso fazer com que estes textos, vídeos, animações, etc. sejam encontrados pelo público-alvo. Para isso utilizamos as técnicas de SEO (Search Engine Optimization - Otimização para Mecanismos de Busca).

E como se faz isso? 
Para se tornar visível e utilizar as técnicas de SEO é preciso primeiro entender como funciona o mecanismo de busca. No caso do Google é utilizado um algoritmo, que estabelece um Page Rank (que é uma avaliação da relevância de uma página em relação às demais páginas numa busca), considerando diversos fatores e estando em constante atualização. O Google está sempre aprimorando este algoritmo para que a cada busca retorne um conteúdo mais relevante e mais adequado à necessidade do usuário. Ele leva em consideração a utilização das palavras-chave no título e no conteúdo do texto, considera também os links entre os conteúdos de um site, os links de outros sites que remetem a este conteúdo, entre diversos outros fatores.

Mas o que fazer para se destacar? Como podemos utilizar o Google para aumentar a visibilidade das ONGs?
Como dito anteriormente, o buscador indica ao usuário que está pesquisando o conteúdo que possui o maior Page Rank para aquela palavra-chave que está sendo utilizada na busca. Para conseguir que a sua página seja a mais relevante para a pesquisa de um determinado termo você deverá se ater a alguns detalhes.

1º. Defina claramente como você quer que o seu site seja encontrado, isto é, liste os termos (palavras-chave) que considera importantes (podem ser também aqueles que já atraem seus leitores hoje), faça uma relação de palavras que podem ser utilizadas em conjunto como por exemplo: "evangelização+jovens+Londrina", esse processo é o que chamamos de Long Tail (ou cauda longa, ou seja, é uma junção de palavras que auxiliam no refinamento das buscas) neste caso estamos buscando quem fale de evangelização de jovens em Londrina. É muito comum as pessoas colocarem o nome de uma localidade durante as buscas a fim de torná-las mais precisas.

2º. Faça textos e títulos para suas páginas (ou artigos, postagens, notícias) que utilizem estes termos, mas que isso seja natural dentro do texto. Crie conteúdo relevante, textos que as pessoas possam realmente procurar, tire dúvidas dos leitores, veja em fóruns e utilize os e-mails que recebe com dúvidas para gerar a pauta de conteúdo.

3º. Verifique se o sistema administrativo ou de publicação do seu site permite a inclusão de palavras-chave e de resumos, se for possível insira lembrando que o título deverá ter até 65 caracteres e o resumo no máximo 160.

4º. Faça links entre os textos do seu site, insira a opção de "leia também" e indique novos textos, isso aumenta a relevância do seu conteúdo e permanência do visitante no site.

5º. Permita que as pessoas compartilhem um conteúdo em suas redes sociais, ou que indiquem o seu conteúdo em seus sites. Fazer parcerias com outros sites relacionados para divulgação de conteúdo é sempre interessante, pois aumenta a relevância do conteúdo, é o que chamamos de Link Building.

6º. Insira em seu site um arquivo de Sitemap (sitemap.xml), que mostra ao buscador quais são as páginas de seu site, frequência que elas são atualizadas e qual a prioridade de atualização de cada página.

7º. Verifique se o Google está lendo todo o conteúdo do seu site, veja se há uma indicação para que os Spiders ou Crawlers (mecanismos automatizados do Google) leiam todo o conteúdo do site. Isto pode ser resolvido com a criação do arquivo robots.txt

8º. Verifique se todo o conteúdo do seu site está acessível em no máximo em 3 cliques.

Melhorando a visibilidade da sua ONG, novas possibilidades são criadas, públicos antes não atingidos podem conhecer o seu trabalho e apoiá-lo das mais diversas formas.

Estes são os principais passos. Para analisar um pouco mais afundo o seu site preparamos um pequeno Check-list de SEO (disponibilizado na seção de download).  Em alguns pontos desta análise talvez você precise da ajude do seu webmaster ou da pessoa que criou o site para você, peça ajuda, pois além de ser fundamental, esta verificação é rápida e simples.

Autor: Giuliano Rodrigues de Souza. É graduado em Filosofia e pós-graduado em Desenvolvimento de Aplicações para Web. É sócio da Nitrum Comunicação e Consultoria  e coordenador do MBA em Marketing Digital e Gestão de Projetos Web na Faculdade Pitágoras de Londrina. Atua desde 2000 desenvolvendo projetos para diversas empresas e a partir de 2009 passou a atuar também como consultor em projetos digitais para empresas de Londrina e região.

Fonte: Disponível em http://www.institutojetro.com. Acesso em 18 de setembro de 2013.

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Mídia Cristã e demais colaboradores".

Você também irá gostar

0 comentários